top of page

Ir ao baú ver fotos...

Sempre amei esta minha foto. 19 anos me separam desta energia, sempre me transmitiu calma serenidade, felicidade e vida, sempre me fez sorrir. É uma das minhas fotografias favoritas.

Fui desafiada a ligar-me à energia desta foto, à energia deste tempo e fui surpreendida.

Nesta foto que marca uma das fases mais bonitas da minha vida, está escondida a dor da perda, a ansiedade da incerteza e o medo de tudo o que podia correr menos bem. A dor de enterrar o meu menino apenas com um mês e meio ainda dilacerava o meu peito, as lágrimas que comecei a sentir cair eram um misto de emoções, porque aqui já tinha dentro do meu ventre um novo ser e a felicidade também transbordava pelos meus poros, mas o medo de a história se repetir, a incerteza de estar tudo bem vibravam em mim.

Foi a altura da minha vida que cuidei mais de mim, ou talvez não, cuidei de mim, porque transportava dentro de mim outro ser, frágil que precisava de cuidado e atenção.

Observar esta foto deu-me consciência da culpa que aqui ainda sentia por ter perdido um filho, da coragem que tive de voltar a engravidar 2 anos depois, da força que senti por quem nunca me largou e sempre me deu coragem. A pessoa que sofreu quase tanto como eu...(só não sofreu as dores do parto) juntos dividimos, dor, medo, angústia, desespero e podíamos ter sido destruídos por isso, mas conseguimos amparar-nos, conseguimos crescer, conseguimos aceitar,(não esquecer, nunca se esquece), mas o fundamental para tudo isso foi o Amor, a coragem de voltar a tentar, de não desistir, de correr atrás do sonho, da felicidade, de construir algo nosso.

Esta bonita foto transmite-me agora uma mensagem completamente diferente.

Quando fores ao baú além de ver fotos, sente o que elas ainda te podem ensinar.

Um abraço de Luz✨️


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page